Felipe Rau/AE
Felipe Rau/AE

Polícia procura o médico Roger Abdelmassih, foragido desde ontem

Prisão foi decretada após especialista em reprodução assistida pedir renovação de passaporte

07 Janeiro 2011 | 15h48

SÃO PAULO - Policiais da Divisão de Capturas, com apoio da 1º Seccional da Polícia Civil de São Paulo, continuam a fazer buscas nesta sexta-feira, 7, para cumprir o mandado de prisão preventiva contra o médico Roger Abdelmassih, considerado foragido desde a última quinta.

A prisão preventiva foi decretada pela juíza Cristina Escher, da 16ª Vara Criminal de São Paulo, em razão de o especialista em reprodução assistida ter pedido uma renovação do passaporte, o que para o Ministério Público denotaria intenção de fuga.

Durante a noite da última quinta, policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) fizeram campana em frente à residência do médico, na zona sul da capital, mas ele não foi encontrado.

Na tarde desta sexta, duas equipes do GOE continuam à procura de Abdelmassih. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), qualquer policial poderá cumprir o mandado de prisão preventiva caso encontre o médico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.