Poluição pode aumentar risco de apendicite, diz estudo

Pesquisa canadense observou mais casos em dias com maiores índices de poluição.

Da BBC Brasil, BBC

06 de outubro de 2008 | 18h33

Uma nova pesquisa canadense afirma que a poluição do ar pode aumentar o risco de apendicite.A equipe de pesquisadores da Universidade de Calgary descobriu que mais pacientes são internados nos dias em que os níveis de poluição são mais altos.O apêndice é uma pequena bolsa ligada ao intestino grosso. Seu papel dentro do corpo ainda não foi totalmente esclarecido, mas há indícios de que o apêndice pode abrigar bactérias que podem ajudar na digestão e também na luta contra infecções.A apendicite, que faz com que o apêndice fique inchado e cheio de pus, pode ser causada por uma infecção ou obstrução, mas em muitos casos não existe uma causa aparente.Se o apêndice sofre uma inflamação, deve ser removido por meio de uma cirurgia para evitar o risco de se romper e colocar a vida do paciente em risco.O estudo canadense, apresentado na Conferência de Gastroenterologia do American College, sugere que a poluição aumenta o risco geral de inflamação do tecido.OzônioOs cientistas de Calgary identificaram mais de 45 mil adultos que foram internados com casos de apendicite entre 1999 e 2006.A análise dos casos revelou que os pacientes tinham chances cerca de 15% maiores de internação em dias com maiores concentração de ozônio no ar, comparado com dias em que a concentração de ozônio era menor.Descobertas parecidas foram observadas com outros poluentes como dióxido de enxofre, dióxido de nitrogênio e outras partículas, apesar de o efeito não parecer tão marcante."Se a relação entre poluição do ar e apendicite for confirmada, então a melhora das condições do ar pode evitar a ocorrência de apendicite em algumas pessoas", afirmou Gilaad Kaplan, um dos líderes da pesquisa.O efeito da poluição do ar foi mais forte nos meses de verão, quando as pessoas ficam mais ao ar livre.Para Anton Emmanuel, diretor médico da organização britânica especializada em problemas do aparelho digestivo Core, é possível que a poluição do ar tenha influência na circulação sangüínea dos intestinos que, teoricamente, pode elevar as chances de obstrução no início do apêndice.Mas, segundo o médico, qualquer impacto na ocorrência do problema pode ocorrer no longo prazo, com períodos prolongados de poluição do ar possivelmente causando desidratação, o que pode elevar o risco de dano ao apêndice.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
apendicitepoluiçãoestudo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.