Possível surto de dengue põe Itabuna-BA em emergência

Secretaria de Saúde constatou focos do mosquito transmissor da doença em 7,76% dos domicílios visitados

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

12 de novembro de 2009 | 11h43

O município baiano de Itabuna entrou em situação de emergência na última terça-feira, 10, por conta do risco de uma nova epidemia de dengue no verão. O decreto foi assinado pelo prefeito Capitão Azevedo e pelo secretário de Saúde, Antônio Vieira, após a constatação de focos do mosquito transmissor da doença em 7,76% dos domicílios visitados. De acordo com a prefeitura, as ações rotineiras de controle aos focos do mosquito Aedes aegypti não têm sido suficientes para eliminar o risco de uma nova epidemia da doença.

"Nesse momento também precisamos mais do que nunca que a população colabore, não deixando caixas d''água destampadas e mantendo quintais e terrenos limpos para impedir o surgimento de focos da dengue", disse o prefeito. A estatística demonstra que mais de 80% dos focos do mosquito transmissor da doença estão dentro de imóveis particulares (terrenos, residências e estabelecimentos comerciais).

No decreto, é salientado que o governo "vem desenvolvendo continuamente ações, atividades e serviços, no sentido de combater a proliferação da dengue no município". Apesar desse esforço, a quantidade de focos é grande e preocupa a Vigilância Epidemiológica, já que o índice recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de, no máximo, 1% dos domicílios.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdedengueemergênciaBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.