Possível surto de rotavírus mata 12 crianças em aldeias no Acre

Vítimas começaram a apresentar diarreia e forte desidratação na 2ª quinzena de dezembro; todas moravam em povoados indígenas do município isolado de Santa Rosa do Purus

Itaan Arruda, Especial para o Estado, ACRE,

18 de janeiro de 2012 | 16h06

Um provável surto de rotavírus já matou 12 crianças em aldeias do município de Santa Rosa do Purus, um dos mais isolados do Acre. Na região, só se chega de barco ou em pequenos aviões. As crianças começaram a apresentar os sintomas de diarreia e forte desidratação na segunda quinzena de dezembro.

Das 12 crianças mortas, noves eram da etnia kaxinawá e uma era da etnia kulina. A Secretaria de Saúde de Santa Rosa do Purus ainda não soube precisar qual a origem delas.

Um relatório informando a causa das mortes deve ser finalizado pelo Departamento Sanitário Especial Indígena do Alto Purus, um órgão vinculado ao Ministério da Saúde por meio da Secretaria Nacional de Atenção à Saúde Indígena. Ainda não há data prevista para a conclusão do documento.

"Um caso de rotavírus foi confirmado em apenas uma criança", informou a secretária de Saúde de Santa Rosa do Purus, Francisca Souza da Silva. "Foram feitos os 'testes rápidos', com noventa e cinco por cento de confiabilidade, mas sempre pode haver falhas".

Desde o início do problema, missões de médicos, biomédicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem visitam as seis aldeias onde aconteceram as mortes e outras 30 aldeias espalhadas pela região.Nessas missões, foram identificados 73 casos de diarreias em crianças o que podem ser um indicativo do problema.

Os locais são de difícil acesso, o que atrapalha a execução dos exames. Hoje mesmo, já foi deslocada outra equipe multiprofissional para identificar e prevenir os problemas em aldeias mais distantes. A secretaria de Saúde de Santa Rosa recebe apoio logístico e de material do Governo do Acre.

Até o fim do dia, a assessoria de imprensa da Secretaria Nacional de Atenção à Saúde Indígena assegurou que vai divulgar uma nota explicando os procedimentos realizados pelo poder público.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.