Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Praias e áreas de lazer ficam lotadas no Rio no primeiro domingo de flexibilização

Avenidas que ficam fechadas para carros tiveram movimento; parques e clubes também reabriram

Denise Luna e Wilton Júnior, O Estado de S.Paulo

12 de julho de 2020 | 16h02

O primeiro domingo de flexibilização das regras de isolamento social lotou a orla da zona sul do Rio de Janeiro, com praias e áreas de lazer cheias e pouca fiscalização. A polícia militar apenas orientava as pessoas a usarem máscaras e evitarem aglomerações, mas sem o apoio da Guarda Municipal, como ocorreu no sábado, 11.

Este foi o primeiro domingo desde que foi iniciado o isolamento social em que as áreas de lazer foram abertas, assim como parques, praças e clubes. As áreas de lazer consistem no fechamento ao trânsito das principais ruas das praias cariocas, como Avenida Atlântica (Copacabana), Vieira Souto (Ipanema), Delfim Moreira (Leblon), Aterro do Flamengo, e outras da zona norte, como a Rua Dias da Cruz (Méier), Praça Edmundo Rego (Grajaú), entre outras. 

Ao contrário de sábado, quando a presença da Guarda Municipal era mais notada nas praias, gerando inclusive cenas de conflito em alguns pontos da orla, neste domingo havia menos fiscalização, com muitas pessoas na areia ignorando as regras de distanciamento. Muitas sequer usavam máscaras.

Em Ipanema, policiais do 23o Batalhão apenas orientavam as pessoas, sem multar quem estava sem o equipamento de proteção. A multa para a falta de uso de máscara é de R$ 107 por pessoa. Segundo a Guarda Municipal, a operação "Blitz da Vida" foi realizada em alguns pontos da praia de Copacabana neste domingo, mas ainda não havia um levantamento das multas aplicadas.

De 5 de junho a 8 de julho, a Guarda Municipal registrou 1.289 infrações sanitárias, sendo 568 em via pública e 169 dentro de estabelecimentos comerciais. As demais autuações foram por aglomerações ou emitidas a estabelecimentos que não tinham autorização para funcionar ou estavam abertos sem seguir os protocolos determinados. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.