Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Prefeitura de SP adia vacinação de pessoas com 28 anos programada para quinta

Ricardo Nunes afirmou que erro foi da própria prefeitura; vacinação para quem tem 29 anos está confirmada

Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2021 | 11h35

Durante a reinauguração do Vale do Anhangabaú, na manhã deste domingo, 25, o Prefeito Ricardo Nunes (MDB) desconfirmou a vacinação das pessoas com 28 anos, que estava programada para acontecer nas próximas quinta e sexta-feira. A vacinação para quem tem 29 anos continua confirmada para terça e quarta-feira.

Segundo o Prefeito, houve um erro de entendimento da própria Prefeitura em relação à disponibilidade de doses para essa faixa etária. Ainda assim, Nunes afirmou que está trabalhando, em parceria com o Governo do Estado, para reverter esse cancelamento - mas, por ora, a faixa dos 28 anos não será vacinada na semana que vem. 

Além disso, o prefeito confirmou que amanhã, segunda-feira, as 652 grávidas que tomaram a primeira dose da vacina Astrazenaca irão receber a vista em suas casas para a aplicação da segunda dose, mas desta vez da vacina da Pfizer.

Vacinação na Paulista aberta

No segundo domingo de Avenida Paulista aberta (das 8h ao meio-dia), dois postos de vacinação contra a COVID foram abertos em farmácias da Rede Drogaria São Paulo (um no início e outro no fim da Avenida).

A vacinação foi destinada ao público de 30 a 34 anos ( 1ª dose) ou qualquer idade que estivesse apta para receber  a 2ª dose. Perto do meio-dia, cerca de cinquenta pessoas esperavam na fila de um dos postos. “ O melhor é aproveitar esse dia lindo para completar minha imunização”, disse Nilson Dias, 50 anos, que estava na Paulista para tomar sua segunda dose. “Graças a Deus chegou a minha vez. Ainda vou poder andar um pouco pela avenida” , comentou Raira Gomes de Lima, 30 anos, que tinha acabado de receber a primeira dose do imunizante.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.