Prêmio Nobel de Física vai para dois cientistas russos

Dois cientistas nascidos na Rússia, Andre Geim e Konstantin Novoselov, vão dividir o Prêmio Nobel de Física de 2010 por seus experimentos com matéria de carbono superfina, informou nesta terça-feira o comitê responsável pela premiação.

REUTERS

05 Outubro 2010 | 09h24

O comitê destacou que os dois mostraram que o carbono em forma extremamente fina -- apenas na espessura de um átomo -- tem propriedades excepcionais originárias do mundo da física quântica.

Geim tem cidadania holandesa e Novoselov possui dupla nacionalidade, britânica e russa. Os dois são da Universidade de Manchester, na Grã-Bretanha, e vão dividir o prêmio de 10 milhões de coroas suecas (1,5 milhão de dólares), concedido pela Academia Real de Ciências da Suécia.

O prêmio de Física é o segundo Nobel da série concedido este ano.

Mais conteúdo sobre:
CIENCIA NOBEL FISICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.