Lucas Jackson/Reuters
Lucas Jackson/Reuters

Prevenção da obesidade deve ser feita desde criança, alerta associação

Segundo instituição que promove estudos sobre a obesidade (Abeso), os pais devem ensinar aos filhos, ainda em casa, qual é a importância da alimentação saudável

Agência Brasil,

13 de outubro de 2011 | 11h41

BRASÍLIA - A prevenção da obesidade desde criança e dentro de casa garante resultados melhores contra o excesso de peso e desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis, como o diabetes, alertou a representante da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso), Maria Edna de Melo.

“Se a gente começa a educar desde criança é lógico que teremos mais resultados no futuro. Quando uma criança aprende na escola e aprende a gostar do que é saudável esse quadro muda, mas é preciso também envolver os pais para que o resultado seja melhor em toda a família”.

O Dia Nacional de Prevenção à Obesidade foi lembrado nesta última terça, 11, com o objetivo é promover uma reflexão sobre os hábitos alimentares, o crescente ganho de peso da população e também estimular as pessoas a optarem por atividades preventivas e saudáveis.

Ainda segundo a representante da associação, o Brasil precisa evoluir muito na questão da regulamentação de medicamentos para obesidade. “A maneira como a Anvisa (Associação Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu o uso de medicamentos para emagrecer praticamente inviabiliza qualquer tratamento farmacológico da obesidade. Essas drogas proibidas aqui são as mais vendidas no tratamento contra a obesidade nos Estados Unidos, se tiram do mercado e restringem essas medicações o combate à obesidade vai ser muito difícil”.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo e acomete 1 bilhão de pessoas. Além disso, responde como a quinta causa de mortes em todo o mundo.

Uma pessoa pode ser considerada obesa quando o Índice de Massa Corporal é igual ou superior a 30. No caso do sobrepeso, o índice é igual ou superior a 25. Para calcular é preciso dividir o peso (em quilos) pelo dobro da altura (em metros).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.