Divulgação
Divulgação

Primeira etapa da vacinação contra pólio será neste sábado

Meta do Ministério da Saúde é imunizar 14,6 milhões de menores de 5 anos, mesmo os já vacinados

Agência Brasil

11 Junho 2010 | 14h51

BRASÍLIA - A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite está marcada para este sábado, 12. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 14,6 milhões de crianças menores de 5 anos, mesmo as que já foram vacinadas em campanhas anteriores.

 

Veja também:

 

As doses de vacinas e outros dados por UF

 

SP quer imunizar 2,9 milhões contra paralisia

 

No total, 48 milhões de doses vão ser distribuídas na primeira e segunda etapas da campanha. A segunda fase será realizada no dia 14 de agosto.

 

De acordo com o ministério, 115 mil postos de imunização em todo o País vão funcionar, envolvendo aproximadamente 350 mil pessoas e 42 mil veículos (terrestres, marítimos e fluviais).

 

Segundo a pasta, o Brasil está livre do vírus da pólio, causador da paralisia infantil, desde 1989, quando o último caso da doença foi registrado. Contudo, é necessário continuar com a vacinação, pois há o risco de importação do vírus de países que ainda registram casos da doença, como Paquistão, Índia, Afeganistão e Nigéria.

 

Este ano, aproveitando o clima de Copa do Mundo, o Zé Gotinha, principal personagem das campanhas de imunização para crianças, veste o uniforme verde e amarelo da seleção brasileira para ressaltar o slogan da campanha: "Vacinou, é gol".

 

As doses que previnem a paralisia infantil são oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e também estão disponíveis durante todo o ano nos postos de saúde.

 

A poliomielite é uma doença infecto-contagiosa grave que resulta em lesões no sistema nervoso, causando paralisia principalmente nos membros inferiores. A contaminação ocorre, na maioria das vezes, via oral, por contaminação fecal de água e alimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.