Fernanda Carvalho/O Tempo
Fernanda Carvalho/O Tempo

Primeiro teste de Ebola em paciente internado no Rio dá negativo

Segunda avaliação ainda será necessária para descartar a doença; paciente teve febre e dor muscular após retornar da Guiné

O Estado de S. Paulo

12 Novembro 2015 | 19h55

O primeiro exame para diagnóstico de um caso suspeito de Ebola no Brasil teve resultado negativo, segundo informações do Ministério da Saúde. O material coletado foi analisado pelo laboratório da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. O paciente, um brasileiro de 46 anos que veio da Guiné, ainda passará por segundo teste para descartar completamente a doença. 

O resultado da coleta da nova amostra de sangue deve sair no sábado, 14. Segundo protocolo do Ministério da Saúde, é considerado suspeito todo caso onde a pessoa tenha passado por área afetada pelo Ebola e que apresente quadro febril até 21 dias após deixar a área.

O paciente, que continua internado e em isolamento no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, esteve na Guiné e voltou ao Brasil no dia 6 de novembro. No dia 8, começou a ter febre alta, dor muscular e dor de cabeça.

Segundo boletim médico, ele apresentou resultado positivo para teste de malária e continua em tratamento para a doença. Até a confirmação final do resultado, todos os que tiveram contato com ele continuam sendo monitoradas, segundo o Ministério da Saúde.

Caso o segundo exame apresente resultado negativo, o paciente será retirado do isolamento e os 95 contactantes deixam de ser monitorados. Desses, 59 são pacientes da Unidade de Pronto-Atendimento onde ele procurou socorro, em Belo Horizonte, 31 profissionais de saúde e 5 pessoas que moravam no endereço indicado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.