Professores municipais do Rio receberão vacina contra gripe suína

Objetivo é imunizar, a partir da próxima semana, 30 mil docentes que trabalham em sala de aula

Agência Brasil

09 de agosto de 2010 | 21h07

RIO DE JANEIRO - As secretarias de Educação e Saúde da cidade do Rio de Janeiro vão fazer um mutirão para vacinar professores da rede pública contra a influenza A (H1N1). O objetivo é imunizar os 30 mil professores que trabalham em sala de aula.

De acordo com a Secretaria da Educação, a campanha deve começar na próxima semana para evitar a transmissão da gripe suína. As vacinas serão oferecidas nas próprias escolas ou, em alguns casos, nas coordenadorias regionais de Educação.

Em março, o governo federal promoveu uma campanha nacional de vacinação contra o vírus H1N1. A campanha acabou no dia 2 de junho e foi realizada em cinco etapas em todos os municípios do Brasil.

Cada fase foi organizada por grupos de risco e imunizou profissionais da área de saúde, indígenas, gestantes, doentes crônicos, idosos, crianças de 6 meses a 2 anos e de 2 a 4 anos e 11 meses, adultos de 20 a 29 anos e de 30 a 39 anos, e idosos com mais de 60 anos portadores de doenças crônicas.

Tudo o que sabemos sobre:
vírus H1N1gripe suínainfluenza A

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.