Programa de saúde bucal vai oferecer aparelho ortodôntico e implante dentário

Governo estima atender mais de 1 milhão de brasileiros neste ano

Agência Brasil,

02 Maio 2011 | 12h17

Brasília - Aparelhos bucais para corrigir a posição dos dentes e a mordida, os chamados aparelhos ortodônticos, e implante dentário passarão a ser ofertados pelo programa governamental Brasil Sorridente. Os novos serviços devem ser incluídos pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde, segundo o Ministério da Saúde.

Com os dois novos tratamentos, o governo federal estima atender mais de 1,15 milhão de brasileiros neste ano. Em 2010, foram 25 milhões de atendimentos nos centros de odontologia do programa em todo o país.

O ministério estima um aumento de R$ 134 milhões no orçamento total do programa para este ano com a inclusão dos serviços. O dinheiro será repassado aos estados e municípios conforme os atendimentos. No ano passado, as ações na área de saúde bucal somaram R$ 710 milhões.

Os centros do programa já fazem tratamento de canal, gengiva, cirurgias corretivas e estéticas, além de exames para diagnosticar o câncer bucal.

Mais conteúdo sobre:
aparelho ortodôntico

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.