Propagação de vírus da Aids aumenta na América Latina--ONU

O vírus causador da Aids afetaatualmente 1,7 milhão de pessoas na América Latina e se propagarapidamente, informou nesta segunda-feira em Honduras umespecialista da Organização das Nações Unidas. Em 2006, foram contaminadas pelo HIV na região entre 100mil e 410 mil pessoas ante 100 mil e 320 mil em 2004, de acordocom dados do programa da ONU sobre HIV/Aids. Isto significa, levando em conta que são estimativas, que ovírus se propaga de forma constante devido, principalmente, àfalta de uso de preservativos nas relações sexuais, disse àReuters Alberto Stella, coordenador do programa para Honduras,Nicarágua e Costa Rica. "Na América Latina o uso de camisinha foi satanizado, masse fosse usado em todas as relações eu lhe garanto que aepidemia estaria resolvida na região", apontou. Stella acrescentou que, na região, a influente IgrejaCatólica se opõe ao uso da camisinha, que falta educação sexualentre os adolescentes e, além disso, a população não tende afazer o teste de HIV voluntariamente. (Por Gustavo Palencia)

REUTERS

22 de outubro de 2007 | 21h50

Tudo o que sabemos sobre:
AIDSLATAM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.