Reprodução
Reprodução

Prós e contras das dietas da moda

Conheça algumas das receitas mais famosas e saiba como tirar proveito delas

Nina Martinez, Estadão.com.br,

11 de fevereiro de 2012 | 09h32

Dieta da USP

Promete eliminar de 7 a 14 kg em 14 dias. É indicado o consumo mínimo de carboidratos e calorias durante essas duas semanas.

Pró: é quase certo que haverá perda de massa gorda

Contra: não tem comprovação científica

Opinião dos especialistas: A pessoa pode acabar comendo menos do que gasta e perder não só gordura, mas também água e massa muscular

 

Dieta do Dr. Atkins

Também conhecida por dieta das proteínas, já que prega a restrição severa da ingestão de carboidratos em todas as refeições.

Pró: homens conseguem melhores resultados

Contra: pode comprometer o consumo de nutrientes importantes

Opinião dos especialistas: É muito restritiva, por isso quem tem mais fome pode se sentir mal e não se adaptar

 

Dieta da Lua

Propõe ingerir sucos e sopas de legumes e verduras, por 24 horas, toda vez que a Lua mudar de fase. Promete perder até 4 kg por mês.

Pró: pode ajudar a eliminar líquidos retidos que ocasionam o inchaço

Contra: não tem comprovação científica

Opinião dos especialistas: A pessoa vai ficar com a alimentação defasada, pois comerá menos do que precisa

 

Dieta da sopa

Como o nome diz, a pessoa deve se alimentar apenas de sopas.  Promete eliminar de 4 a 9 kg por semana.

Pró: pode ajudar a eliminar líquidos retidos que ocasionam o inchaço

Contra: não oferece todos nutrientes necessários para a saúde, como as proteínas

Opinião dos especialistas: Essa dieta não garante uma boa saciedade, por isso a pessoa vai ficar sempre com fome, insatisfeita

 

Dieta dos pontos

Nessa dieta, os alimentos valem determinada quantidade de pontos, que estão descritos em uma tabela a ser seguida, de acordo com as calorias. A pessoa pode comer um pouco de tudo, mas deve evitar produtos com gordura trans.

Pró: com orientação nutricional adequada, tem tudo para dar certo

Contra: pode falhar se for feita de qualquer jeito, sem estratégia

Opinião dos especialistas: Se a pessoa tiver força de vontade e for monitorada por um nutricionista, vale fazer porque é uma boa dieta

 

Dieta do shake

Orienta substituir as refeições por um shake caseiro - tipo de vitamina feita em casa ou comprada. Em geral, essa bebida tem muita proteína e fibras, mas pouco carboidrato e calorias, o que pode ajudar no emagrecimento. Promete uma perda de 2 kg em 10 dias.

Pró: pode ser uma alternativa para trocar apenas uma das refeições

Contra: não funciona para todo mundo porque tende a se tornar enjoativo

Opinião dos especialistas: Algumas pessoas sentem falta da mastigação e não conseguem se adaptar a esse tipo de dieta

 

Dieta do mediterrâneo

Baseia-se no consumo de azeite de oliva, além de legumes, verduras, frutas e frutas secas. Pode auxiliar na perda de peso porque o azeite oferece um equilíbrio com a gordura animal.

Pró: se assemelha às boas dietas indicadas pelos órgãos de saúde

Contra: a longo prazo, pode ocasionar deficiências nutricionais, principalmente pelo pouco consumo de massa

Opinião dos especialistas: Essa dieta tem tudo para funcionar, mas pode ficar monótona (enjoativa) exatamente por conta do azeite

Dieta da Primavera

Propõe um cardápio diferente para cada dia da semana. Cada um deve ter um total de 1.100 calorias diárias. Indica comer de três em três horas. A ideia é perder até 5 kg em um mês.

Pró: como restringe a quantidade de calorias, faz a pessoa emagrecer

Contra: é preciso tomar cuidado com os cardápios prontos para não comer de menos

Opinião dos especialistas: A pessoa pode deixar de consumir alguns alimentos para não ultrapassar o total de calorias e acabar ficando com fome toda hora, o que não é saudável

 

Fontes:

Mariana Del Bosco, nutricionista e membro do Departamento de Nutrição da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da. Síndrome Metabólica (Abeso)

Cláudia Cozer, endocrinologista e atuante na diretoria da Abeso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.