Qual a importância da bolsa das águas na gravidez?

A bolsa amniótica, também conhecida como bolsa das águas tem durante o período de gestação várias funções e grande importância para a boa evolução da gravidez. Formadas por duas membranas denominadas córion e âmnio, contém em seu interior quantidade variável de líquido amnióto e também o concepto. Entre as várias funções da bolsa podemos destacar a contínua formação do líquido amniótico; a deglutição do líquido pelo feto facilitando as trocas materno-fetais pela placenta; a proteção contra infecções e um sistema de proteção contra traumas sobre o feto. No decorrer da gravidez a quantidade de líquido amniótico varia dependendo da idade gestacional. Alterações como aumento ou redução do líquido podem estar relacionados com doenças da gravidez. Denomina-se polidrâmnio a quantidade elevada do líquido da bolsa, estando presente principalmente no Diabetes Melitus materno, na Isoimunização fetal e nas más formações fetais como atresia de esôfago e anencefalia. A diminuição da quantidade de líquido é denominada oligoâmnio, ocorrendo nos quadros de retardo de crescimento fetal intra-útero e na insuficiência placentária habitualmente causada pela Hipertensão Arterial materna. Importante salientar as rupturas prematuras das membranas em idades gestacionais antes de 37 semanas de gravidez , normalmente causadas pelas infecções urinárias maternas, que atualmente são importante causa de trabalho de parto prematuro. Com o acompanhamento pré-natal regular, todas estas alterações da bolsa amniótica são facilmente detectadas pelo exame clínico obstétrico e pelos exames de ultra-sonografia, evitando-se assim todas as complicações que o nascimento prematuro do concepto acarretam. * Ginecologista obstetra do Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, em São Paulo

Agencia Estado,

21 de março de 2006 | 15h10

Tudo o que sabemos sobre:
artigos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.