Radiação ainda afeta fauna e flora de Chernobyl

Equipe de biólogos diz que o nível de radiatividade continua 2 mil vezes acima do normal

BBC Brasil, BBC

28 Julho 2011 | 12h00

O entorno da usina de Chernobyl, na Ucrânia, é considerado uma terra de ninguém. Logo após a tragédia, toda a população foi retirada e a área foi isolada.

Hoje, 25 anos após o acidente, muitos dizem que a natureza do local venceu a radiação e está florescendo novamente.

No entanto, um grupo de biólogos e cientistas que pesquisa a região há anos vem provando que essa ideia não passa de um mito.

Segundo eles, o nível de radiação continua 2 mil vezes acima do normal.

Suas pesquisas mostram como esse cenário afetou e ainda afeta o ecossistema local, prejudicando a vegetação, além de insetos, pássaros e mamíferos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.