Rapaz morre após aplicação de silicone em Goiás

Cirurgia teria sido feita em uma clínica clandestina; ele chegou a ser internado em um hospital

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

14 de julho de 2008 | 15h06

Sidnei Pereira Guedes, de 25 anos, morreu nesta sexta-feira, 11, em Ipameri, em Goiás, depois de fazer uma aplicação de silicone no peito, segundo informações da polícia. O jovem teria feito a aplicação em uma clínica clandestina, em Caldas Novas, no último dia 6.   Ele chegou a ser internado em um hospital da cidade onde morava, com fortes dores no tórax, mas não resistiu. A polícia ouvirá testemunhas do caso, inclusive familiares, serão ouvidas ainda hoje.   As autoridades ainda não têm pistas de onde seria a clínica clandestina. 

Tudo o que sabemos sobre:
siliconeclínica clandestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.