REUTERS/Eric Gaillard/File Photo
REUTERS/Eric Gaillard/File Photo

Reitora da Unifesp fala sobre testes de vacina contra covid-19 no Brasil

Transmissão ocorre no Facebook do Estadão às 16 horas; perguntas podem ser enviadas por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus no Facebook

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2020 | 13h53

O Estadão entrevista em transmissão ao vivo nesta segunda-feira, 8, a reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Soraya Smaili, para explicar como será testada no Brasil a vacina contra a covid-19 desenvolvida na Universidade de Oxford. A transmissão acontece às 16h, nas redes sociais do jornal.

O Brasil é o primeiro país fora do Reino Unido a participar da testagem. A vacina será testada em dois mil voluntários nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, escolhidos preferencialmente entre profissionais da linha de frente do combate à pandemia. A coordenação do experimento é da Unifesp.

É possível participar da discussão com perguntas enviadas pelos comentários da transmissão e também previamente por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavirus, espaço no Facebook para troca de informações sobre a pandemia, aberto a todos os leitores do Estadão. 

A entrevista é parte de uma série de transmissões ao vivo sobre temas relacionados à covid-19, que já está em seu terceiro mês. Durante a pandemia, o jornal disponibilizou seus principais conteúdos gratuitamente aos leitores que não são assinantes.

Os leitores podem acompanhar também o Boletim Coronavírus, newsletter aberta a todos com as principais notícias do dia sobre o tema, a cobertura em tempo real e os podcasts.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.