Remédio para HIV vai custar metade do preço

O ministro da Saúde, Agenor Álvares, assinou ontem um acordo com a empresa Gilead Science que reduz em 51% o preço do medicamento tenofovir, usado para o tratamento de pacientes com aids. Com a redução, o preço do comprimido passou de US$ 7,68 para US$ 3,80. O acordo anunciado ontem já vale para a aquisição de 8,1 milhões de cápsulas neste ano, o que resultará em uma economia de US$ 31,4 milhões ainda em 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.