Rio Claro confirma duas novas mortes por dengue

Já são cinco os óbitos registrados na cidade em virtude da doença em 2015

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

24 Maio 2015 | 16h57

SOROCABA – A prefeitura de Rio Claro, região de Campinas, confirmou mais duas mortes por dengue, elevando para cinco o número de óbitos registrados este ano na cidade. Os resultados dos exames foram enviados à Fundação Saúde na última sexta-feira (22). De acordo com o órgão, todas as vítimas tinham também outras doenças. 
O número de pessoas que já pegaram dengue na cidade subiu para 15.829, mas o número de casos novos está em queda, segundo a prefeitura. O hospital de campanha montado em março para atendimento exclusivo de pacientes com dengue foi desmontado na sexta-feira.
Em Iracemápolis, na mesma região, a prefeitura informou que a morte de um rapaz de 22 anos, inicialmente atribuída à dengue, foi causado por febre maculosa. A doença é transmitida pelo carrapato estrela, hospedeiro principalmente das capivaras. Exames realizados no Instituto Adolfo Lutz descartaram a dengue e confirmaram a febre maculosa. Essa doença já havia causado a morte de outra pessoa na cidade em novembro do ano passado.

Mais conteúdo sobre:
saúde dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.