Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio
Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

Rio começa a usar drone com alto-falantes para dispersar aglomerações

Mensagem pede que população respeite o distanciamento social diante do avanço do novo coronavírus

Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2020 | 13h27

RIO - A Prefeitura do Rio começou a usar nesta quarta-feira, 15, drones com alto-falantes embutidos que vão alertar a população em locais com aglomerações. Integrado com o Disk Aglomeração, sistema de denúncia criado pelo Executivo carioca, o ‘Drone Falante’ irá aos locais denunciados e dará o seguinte recado:

Atenção: a Prefeitura do Rio pede que todos evitem aglomerações. Elas facilitam o contágio do novo coronavírus. Por favor, respeitem o distanciamento social, protejam a sua saúde e a das outras pessoas.”

As câmeras do Centro de Operações também servirão para auxiliar o envio dos drones. Além da mensagem de voz, os drones filmarão as ações, que serão transmitidas para o gabinete de crise da Prefeitura e para o próprio Centro de Operações.

Outra medida tecnológica usada pelo Rio será o rastreamento por meio de sinais de celulares. Por meio deles, é possível observar o deslocamento pela cidade e identificar eventuais aglomerações - que têm sido vistas, principalmente, em bairros da zona oeste.

A capital fluminense registra 2.393 dentre os 3.410 casos da covid-19 no Estado, e 140 das 224 mortes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.