Ministério da Saúde
Ministério da Saúde

Roraima confirma 5.750 casos de malária no primeiro trimestre

Do total, 2.040 são importados de outros Estados e países; na semana passada, secretaria disse que grande parte vem da Venezuela

Paula Laboissière, Agência Brasil

25 Abril 2018 | 16h41

BOA VISTA - A Secretaria de Saúde de Roraima confirmou 5.750 casos de malária em todo o Estado no período de 1º de janeiro a 30 de março deste ano. Do total, 2.040 são importados de outras unidades federativas ou de outros países. Na semana passada, a pasta havia informado que grande parte dos casos de malária notificados no Estado são provenientes da Venezuela.

+++ Venezuela registra o maior aumento de casos de malária no mundo e ameaça Brasil 

“Os dados são preocupantes, e o Estado tem intensificado ações para combater a doença”, informou a secretaria, por meio de nota. 

+++ Cidade baiana tem 23 registros de malária

Em 2016, foram registradas quase 9 mil casos de malária em Roraima, enquanto, em 2017, o número subiu para mais de 14 mil notificações.

+++ Casos de malária voltam a crescer no Brasil

Capacitação

No dia 17, diante do aumento expressivo de casos, foi promovido um encontro para treinamento de agentes de endemias, secretários municipais, profissionais da atenção básica, microscopistas e bioquímicos. A proposta foi discutir ações para melhorar o diagnóstico, tratamento e controle da doença nos 15 municípios do Estado.

Mais conteúdo sobre:
Roraima [estado] Malária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.