Valéria Gonçalvez/Estadão
Valéria Gonçalvez/Estadão

Rosely Sayão debate situação econômica de escolas particulares em live do 'Estadão'

Transmissão ocorre no Facebook do jornal às 16 horas; perguntas podem ser enviadas por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus no Facebook

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2020 | 13h54

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, a suspensão das aulas e a crise econômica, as escolas particulares passam a correr risco de falência. A psicóloga, consultora educacional e colunista do Estadão, Rosely Sayão, vai abordar o assunto e o provável aumento de alunos nas escolas públicas em razão das dificuldades financeiras em transmissão ao vivo, às 16h, nas redes sociais do jornal.

No Estado de São Paulo, em abril, a inadimplência nas escolas particulares chegou a 20,94%, segundo o sindicato da categoria. Na capital, o indíce é de 25%. A média anual de inadimplência em 2019 foi de 6%.

É possível participar da discussão com perguntas enviadas pelos comentários da transmissão e também previamente por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavirus, espaço no Facebook para troca de informações sobre a pandemia, aberto a todos os leitores do Estadão

A entrevista é parte de uma série de transmissões ao vivo sobre temas relacionados à covid-19, que já está em seu terceiro mês. Durante a pandemia, o jornal disponibilizou seus principais conteúdos gratuitamente aos leitores que não são assinantes. Os leitores podem acompanhar também o Boletim Coronavírus, newsletter aberta a todos com as principais notícias do dia sobre o tema, a cobertura em tempo real e os podcasts.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.