Rússia adia lançamento de nave que levaria cosmonautas para a ISS

Problemas técnicos levaram agência espacial a cancelar partida marcada para dia 30; nova data ainda não foi decidida

estadão.com.br e Reuters,

14 Março 2011 | 10h08

MOSCOU - A Rússia adiou o lançamento de uma cápsula Soyuz, programado para dia 30 deste mês, que levaria três novos cosmonautas para a Estação Espacial Internacional (ISS) devido a problemas técnicos, informou a agência espacial russa (Roscosmos) nesta segunda--feira, 14. Uma Soyuz tem data programada de volta da ISS para esta quarta-feira, 16, trazendo três cosmonautas de volta para a Terra.

 

Veja também:

blog Acompanhe a missão pelo twitter da Nasa

link Ônibus espacial Discovery faz último pouso após 27 anos de serviço

linkÔnibus espacial Endeavour é posicionado em plataforma de lançamento

 

"Decidimos adiar o lançamento da Soyuz TMA-21 do dia 30 de março devido a problemas técnicos", disse a Roscosmos em nota. A agência não especificou a nova data de lançamento.

 

A agência de notícias russa Interfax citou uma fonte da indústria espacial dizendo que o novo lançamento estaria programado para dia 10 de abril, enquanto a agência Itar-Tass afirmou que ele poderia ocorrer dia 7 de abril.

 

O astronauta Ronald Garan da Nasa e os cosmonautas Andrei Borisenko e Alexander Samokutyayev devem partir a bordo da Soyuz rumo a ISS da base de Baikonur, no Casaquistão.

 

O atraso pode aumentar as preocupações quanto à confiabilidade da Rússia de levar astronautas e cosmonautas à ISS pouco antes da aposentadoria das duas últimas naves espaciais da Nasa neste ano, tornando a estação espacial completamente dependente dos voos russos e dos futuros voos particulares.

Mais conteúdo sobre:
ISSSoyuz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.