Rússia lidera corrida espacial, com 22 lançamentos em 2010

Estados Unidos e China ocupam o segundo e terceiro lugar

Efe

05 Outubro 2010 | 08h46

MOSCOU - A Rússia é o país que colocou mais naves em órbita em 2010, à frente dos Estados Unidos e China, informou nesta terça-feira, 05, a agência espacial russa, Roscom.

 

"A Rússia lançou 22 transportadoras este ano, o que confirma a sua liderança mundial", disse um comunicado publicado no site da Roscom.

 

Dezesseis dos lançamentos foram realizados a partir do Cosmódromo de Baikonur, no Casaquistão, cinco em Plesetsk, situado a cerca de 800 quilômetros de Moscou, e outro a partir da base espacial de Dombarovski na região de Orenburg, que faz fronteira com o Casaquistão.

 

Os Estados Unidos ocupam o segundo lugar na lista, com nove lançamentos em Cabo Canaveral e na base Vandenberg das Força Aérea, localizado na Califórnia.

 

O comunicado acrescenta que este ano a China colocou em órbita dez naves ,o que a torna a terceira maior em número de lançamentos espaciais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.