Rússia vai adiar missão espacial por problemas técnicos

A Rússia pretende adiar em várias semanas a próxima missão para levar astronautas russos e norte-americanos até a Estação Espacial Internacional (ISS) devido a problemas com o veículo de descida da espaçonave, disse nesta sexta-feira uma fonte da indústria segundo a agência de notícias Interfax.

REUTERS

27 de janeiro de 2012 | 18h59

O esperado adiamento se segue a uma série de contratempos técnicos que estragaram as comemorações da Rússia de 50 anos, no ano passado, desde o primeiro voo espacial tripulado de Yuri Gagarin.

A fonte da indústria espacial disse à Interfax que o lançamento, originalmente marcado para 30 de março, seria adiado em várias semanas, possivelmente até maio.

A fonte acrescentou que o casco do veículo de descida, usado para transportar astronautas para a superfície da Terra ou para outros corpos celestes, se partiu durante testes antes da decolagem.

"Esse veículo de descida não pode mais ser usado em um voo tripulado", disse a fonte. "Portanto, o lançamento do Soyuz TMA-04M terá que ser remarcado até a segunda quinzena de abril ou a primeira quinzena de maio".

O Soyuz levaria os cosmonautas russos Gennady Padalka e Sergei Revin, além do astronauta norte-americano Joseph Acaba para a ISS, um complexo de pesquisa de 100 bilhões de dólares que orbita 385 km acima da Terra.

(Reportagem de Thomas Grove)

Tudo o que sabemos sobre:
ESPACORUSSIAPROBLEMAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.