Sabia como cada ministro votou

Veja argumentos utilizados pelos ministros para defender seu voto

estadao.com.br,

12 de abril de 2012 | 20h36

A FAVOR - Marco Aurélio Mello  - “Não se trata de vida em potencial, mas de morte, ainda que haja batimentos cardíacos e respiração”

A FAVOR - Rosa Weber - “Obrigar a mulher a carregar o feto fere o direito à liberdade reprodutiva. (…) Proteger a mulher é garantir concretamente sua liberdade de escolha”

A FAVOR - Joaquim Barbosa - Se disse favorável ao aborto de feto sem cérebro

A FAVOR - Luiz Fux - “A interrupção da gravidez tem o condão de diminuir o sofrimento da gestante”

A FAVOR - Cármen Lúcia - “Fundado na dignidade da vida neste caso acho que esta interrupção não é criminalizável”

CONTRA - Ricardo Lewandowski - "(a decisão) abriria portas para interrupção de inúmeros embriões portadores de doenças que de algum modo levem ao encurtamento da vida"

A FAVOR - Ayres Britto - "Levar essa gravidez às últimas consequências, é tortura. E o martírio é algo voluntário. Quem quiser assumir a gravidez até as últimas consequências, que o faça. Mas impor à gestante que não suporta a dor de trazer ao mundo um filho sem cérebro ou proibir essa gestante de fazer a opção da interrupção da gravidez - até por amor ao feto - é proibi-la de fazer uma opção lógica"

A FAVOR - Gilmar Mendes - “Não é razoável que se imponha à mulher esse ônus à falta de um modelo institucional para resolver essa questão”

A FAVOR - Celso de Mello - "Não estamos legitimando a prática do aborto. Essa é uma outra questão"

CONTRA - Cezar Peluso - "O anencéfalo morre - e só morre porque está vivo. Não é possível pensar em morte daquele que nunca foi vivo."

Tudo o que sabemos sobre:
abortoanencefaliacrimeSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.