Salvador já registra 11 mortes por meningite

Salvador já registra 11 mortes por meningite

Levada às pressas para o Hospital Geral do Estado, Luana faleceu poucas horas depois

Eliana Lima,

03 Abril 2010 | 14h48

A capital baiana já registra 11 óbitos por meningite somente este ano. No início da noite da sexta-feira, 2, a Secretaria de Saúde do Estado confirmou a morte da menina Luana Santos Rocha, de 11 anos, decorrente da forma mais grave da doença, a meningite C. Conforme informações da família, Luana ficou febril na quinta-feira 1º, mas como não apresentava dores, não foi cogitada a hipótese de meningite.

 

Na madrugada da sexta-feira, 2, porém, a criança acordou com febre alta, reclamando de dores nas solas dos pés, onde se viam manchas vermelhas, bem como na palma das mãos, braços e rosto, dores pelo corpo e enjoo.

 

Levada às pressas para o Hospital Geral do Estado, Luana faleceu poucas horas depois, antes de ser transferida para o Hospital Couto Maia, referência no atendimento de doenças infecto-contagiosas. Só este ano já foram registrados na Bahia 152 casos dos diversos tipos de meningite, com 16 mortes.

 

O registro anterior ocorreu há menos de uma semana, no domingo, 28, vitimando Marcos Alberto de Araújo Nazaré, de 19 anos, que morava no bairro de Valéria, distante do bairro da Santa Cruz, onde residia Luana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.