Santa Catarina confirma mais 12 mortes por gripe suína

Hoje, em Nova York, o prefeito Michael Bloomberg disse que vai distribuir vacinas gratuitamente

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

01 Setembro 2009 | 17h14

Casos de gripe voltam ao normal no hemisfério sul, diz OMSA Secretaria da Saúde de Santa Catarina confirmou hoje mais 12 mortes decorrente do vírus influenza A (H1N1), a gripe suína. Com isso, subiu para 32 o número de óbitos provocados pela doença no Estado. Segundo a secretaria, das 12 vítimas fatais confirmadas nesta terça, nove apresentavam doenças que comprometiam o sistema imunológico. Outras 106 mortes estão sob investigação no Estado, que já registra 320 casos de gripe suína. Os exames estão sendo analisados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

Hoje, em Nova York, o prefeito Michael Bloomberg disse que vai distribuir vacinas contra a gripe suína, gratuitamente, para estudantes do ensino fundamental. O anúncio, feito nove semanas antes das eleições municipais, ocorre enquanto funcionários de todo o país se preparam para um aumento das infecções por gripe suína quando as escolas voltam às aulas. Bloomberg também está encorajando os moradores da cidade a tomarem a vacina contra o vírus A H1N1 e contra a gripe sazonal.

Mais conteúdo sobre:
Santa Catarina gripe suína mortes casos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.