Ramiro Furquim/Estadão
Ramiro Furquim/Estadão

Santa Catarina pode prorrogar isolamento por falta de recursos

Quarentena no Estado está marcada para terminar na terça-feira, dia 31, mas pode ser prorrogada

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2020 | 14h32

O Estado de Santa Catarina poderá prorrogar novamente o estado de isolamento da população. Em reunião realizada neste sábado com prefeitos e presidentes de associações comerciais, o governador Carlos Moisés (PFL) sinalizou que poderá estender a quarentena, marcada para terminar na terça-feira, dia 31. 

O motivo da prorrogação é que não chegaram recursos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) do governo federal para o sistema de saúde por causa da pandemia do novo coronavírus. No final da tarde deste sábado, o governador  vai se reunir com os outros poderes do Estado para determinar o novo período de isolamento.

Na última quinta-feira, o governador Carlos Moisés havia anunciado um “Plano Estratégico” para retomada gradual da economia catarinense, permitindo ainda a reabertura de restaurantes, academias, shopping centers, bares, restaurantes e comércio em geral a partir de 1º de abril.

A decisão do governador tinha sido tomada após 50 entidades empresariais catarinenses cobrarem a retomada da atividade econômica no Estado. Santa Catarina foi um dos primeiros estados a estabelecer quarentena em todo território, com suspensão de transporte coletivo e fechamento de todos os estabelecimentos que não fossem considerados essenciais. 

Agora, poderá ser a segunda vez que Santa Catarina estende o período de isolamento, que vem sendo renovado a cada sete dias. O Estado também está fazendo uma campanha junto a empresas e cidadãos para arrecadar doação de EPIs. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.