São 24, e não 21 os casos suspeitos no Brasil, diz governo

Ministério da Saúde corrige dado anterior incluindo novos números do Estado de São Paulo

Central de Notícias,

07 Maio 2009 | 16h38

O Ministério da Saúde retificou o total de casos suspeitos de influenza A (H1N1), a gripe suína, no Brasil. Estão sendo acompanhadas 24 pessoas, e não 21, como fora anunciado pela pasta às 13h30 desta quinta-feira, 7. A diferença refere-se a três casos de São Paulo, que não foram incluídos na nota emitida mais cedo.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde  

 

São acompanhados 7 pacientes em São Paulo, 3 no Paraná, 3 no Rio de Janeiro, 2 no Distrito Federal, 2 em Goiás e 2 em Santa Catarina. Os Estados do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco e Rondônia têm um caso cada um. Outros 20 casos são monitorados e 110 já foram descartados.

 

Segundo o ministério, os kits para realização de exames laboratoriais para Influenza A (H1N1) já chegaram aos laboratórios da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, e do Instituto Adolf Lutz, em São Paulo. A análise das amostras dos pacientes deverá começar ainda nesta quinta, 7. O resultado dos exames pode sair a partir de 72 horas.

 

"É preciso ter paciência. Sábado, tão logo os resultados fiquem prontos, faremos a divulgação", disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, pela manhã. De acordo com ele, todos os pacientes acompanhados estão em excelente situação de saúde.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína influenza A(H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.