São Paulo amplia tratamento a doentes de hepatite

O governo de São Paulo acaba de baixar duas normas que aumentam o acesso dos doentes de hepatite aos remédios. Os portadores de hepatite C que não se curaram com o tratamento convencional poderão tentar o "retratamento" com o Interferon Peguilado. No caso da hepatite B, a novidade é o Adefovir. Os dois tratamentos adotados pela Secretaria de Estado da Saúde não fazem parte do Programa de Hepatite do Ministério da Saúde.

Agencia Estado,

06 de abril de 2006 | 10h27

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.