São Paulo registra mais de 17 mil casos de dengue no ano

Na comparação com os 15.969 registrados até a semana passada, o aumento foi de 7%; taxa de incidência está acima do aceitável

Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

24 Julho 2014 | 23h14

SÃO PAULO - O número de casos de dengue neste ano, na cidade de São Paulo, chegou a 17.088, seis vezes e meia mais que o total registrado em 2013. Na comparação com os 15.969 registrados até a semana passada, o aumento foi de 7%. Mas, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, com a redução do ritmo das notificações nas últimas semanas se pode concluir que o pior período do ano está superado.

A pasta destacou que, no período de pico da doença, entre março e maio, foram notificados 28.085 casos de dengue, enquanto nas últimas seis semanas foram 2.892 registros, quase dez vezes menos.

A taxa de incidência da doença, no entanto, continua acima do aceitável, que é de até 100 casos por 100 mil habitantes. Dos 96 distritos paulistanos, 44 já ultrapassaram a marca. O bairro mais afetado é o Jaguaré, com incidência de 3.224,8.

Mais duas mortes por dengue haviam sido confirmadas na semana passada, elevando para 12 o número de óbitos. É mais do que o dobro das confirmadas nos últimos quatro anos.

Mais conteúdo sobre:
dengue São Paulo saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.