São Paulo tem mais cinco mortes causadas por gripe suína

Uma das mortes é a de uma gestante de 27 anos, que entrou em trabalho de parto. O bebê passa bem

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

21 Julho 2009 | 16h35

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta terça-feira, 21, mais cinco mortes por vírus influenza A (H1N1) em São Paulo. Até o momento, o Estado registra oito mortes pela nova gripe. Dos novos casos registrados, quatro são da capital e um é da região de Campinas.  As outras três mortes no Estado ocorreram em Osasco (2) e Botucatu (1).

 

Entre as vítimas da capital estão uma mulher, de 68 anos, que apresentava vários fatores de risco como cardiopatia, hipertensão arterial, diabetes e asma brônquica. Ela morreu no dia 12 desse mês.

 

A segunda morte foi de uma gestante, de 27 anos, que faleceu na última terça, 14, depois de apresentar sintomas como febre, tosse e dor torácica. Ela entrou em trabalho de parto e fez uma cesariana no dia 9. O bebê passa bem.

 

Um homem, de 50 anos, que havia sido internado no dia 13 de julho, faleceu uma semana depois. Uma mulher de 44 anos, passou a sentir febre, tosse, dor de garganta, diarreia, dor muscular e falta de ar no dia 11. Ela chegou a ser internada seis dias depois, mas não resistiu e morreu no dia 18.

 

O caso de Campinas é de uma mulher de 26 anos, que teve os sintomas da doença no começo do mês. Ela apresentou febre, tosse, dor de garganta e falta de ar e morreu na última sexta-feira, 17.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.