Saturno tem conexão elétrica com Encélado, uma de suas luas

Cientistas já haviam teorizado que uma ligação desse tipo pudesse existir, mas dados comprovando interação foram divulgados pela primeira vez hoje

estadão.com.br,

20 Abril 2011 | 17h04

 

SÃO PAULO - Nesta quarta-feira, 20, a agência espacial norte-americana (Nasa) divulgou as primeiras imagens e sons de uma conexão elétrica entre Saturno e uma de suas luas, Encélado. Os dados coletados pela sonda Cassini permitem que os cientistas compreendam melhor a complexa interação entre o planeta e suas diversas luas. O resultado da pesquisa será publicado na revista Nature.

 

Veja também:

video Veja vídeo que mostra o som da ligação

link Cientistas descobrem que Saturno tem um anel enrugado

link Cassini detecta chuva de metano de primavera em Titã, lua de Saturno

link Nasa cogita explorar Titã, lua de Saturno

 

Cientistas já haviam teorizado que uma ligação desse tipo pudesse existir em Saturno. Analisando dados coletados em 2008, os cientistas viram um "caminho" entre o planeta e sua lua que brilhava em luz ultravioleta perto do polo norte de Saturno. Essa evidência comprova o circuito, apesar de Encélado estar a 240 mil quilômetros do planeta.

 

 

A junção ocorre ao final da linha do campo magnético que liga Sataturno e sua lua. A área, conhecida como pegada de aurora, é o ponto onde elétrons energizados mergulham na atmosfera do planeta, seguindo o campo magnético que vai do polo norte ao polo sul do planeta.

 

A região da pegada de aurora mede aproximadamente 1,200 quilômetros de largura por 400 quilômetros de altura, cobrindo uma área comparável à Suécia. Os cientistas não encontraram uma pegada similar no polo sul do planeta, embora os cientistas suspeitem que haja uma ligação semelhante entre Saturno e sua lua Io.

Mais conteúdo sobre:
Saturno

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.