Saúde confirma morte por dengue hemorrágica no ES

Outras cinco mortes suspeitas são investigadas no Estado; 9.291 casos da doença já foram notificados

Solange Spigliatti, estadao.com.br

09 Março 2009 | 12h53

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Espírito Santo confirmou, na última quinta-feira, 05, a primeira morte causada por febre hemorrágica da dengue em 2009 no Estado. A vítima era moradora do município de Serra e faleceu no dia 28 de fevereiro.   Veja também: Há risco de surto de dengue em quatro Estados, diz Temporão Balanço indica queda de 40% nos casos de dengue do País  Especial: entenda a dengue e veja o balanço de 2008    De acordo com a secretaria, existem outros cinco casos suspeitos de óbito causados pela forma hemorrágica da doença. Os resultados conclusivos dos exames, que estão em andamento, sairão em até 90 dias.   Nesses casos foram necessários exames mais complexos, realizados fora do Espírito Santo, em função de que as características clínicas não são suficientes para a confirmação da doença.   O número total de notificações de dengue até o dia 22 de fevereiro deste ano, que corresponde à oitava semana epidemiológica do ano, é de 9.291. Os municípios com maior número de casos são Nova Venécia, com 1.385, Vila Velha (1.161), Serra (1.053), Baixo Guandu (975) e Montanha (863).

Mais conteúdo sobre:
dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.