Saúde de SP promove Semana de Intensificação de Controle da Dengue

Até 6ª, agentes vão visitar casas, vistoriar pontos estratégicos e distribuir material informativo

estadão.com.br

23 Novembro 2010 | 20h53

SÃO PAULO - A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), órgão da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), em parceria com as subprefeituras, realiza na capital entre esta terça, 23, e sexta, 26, a Semana de Intensificação de Controle da Dengue, que inclui diversas ações de prevenção e orientação para prevenir a infestação pelo mosquito Aedes aegypti.

Os agentes de zoonoses vão visitar casas, fazer vistoria em pontos estratégicos (borracharias, ferros-velhos, etc) e promover ações educativas, com distribuição de material informativo em escolas, igrejas, comércios e unidades de saúde. Também serão realizadas atividades lúdicas nas comunidades e a Operação Catabagulho, em conjunto com as subprefeituras.

As atividades de intensificação foram baseadas na última Avaliação de Densidade Larvária (ADL), um trabalho de identificação de criadouros do mosquito feito nos meses de fevereiro, julho e outubro.

Em São Paulo, segundo revela a ADL, os principais criadouros de larvas de Aedes aegypti são: pratos de plantas, caixas d'água e vasos de plantas. Diante desse quadro, a realização da Semana de Intensificação de Controle da Dengue vem reforçar a importância de eliminar os criadouros e reafirmar que a parceria entre população e poder público é fundamental no controle da doença.

Com isso, todas as regiões da cidade estarão preparadas para o verão, antes de os paulistanos viajarem nas férias e nos feriados de fim de ano.

Uma operação pente-fino será realizada no bairro de Perdizes, por apresentar alto índice de resistência dos moradores para ações de controle da dengue, além de muitos imóveis fechados. As equipes estão preparadas para reforçar orientações de rotina na região.

Mais conteúdo sobre:
dengue SP Aedes aegypti

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.