Saúde distribui livros e remédios de graça a partir de hoje

Exemplares de livros como 'Iracema' poderão ser retirados nas unidades das Farmácias Dose Certa

Solange Spigliatti, estadao.com.br

18 de agosto de 2008 | 14h05

O projeto "Livro e Saúde", da Secretaria de Estado da Saúde, pega carona na realização da Bienal do Livro em São Paulo e distribuirá cerca de cinco mil exemplares de diferentes títulos e autores, até o dia 22.  Os exemplares também poderão ser retirados nas unidades das Farmácias Dose Certa situadas nas estações Sé, Brás, Clínicas, Santana e Vila Mariana do metrô.  Entre os títulos disponíveis estão "A Moreninha", de Joaquim Manoel Macedo, "Memórias de um Sargento de Milícias", de Manoel Antônio Almeida, e "Iracema", de José de Alencar.  Além dos livros, os pacientes ganharão também um marca páginas, com diferentes frases e pensamentos de grandes autores. São cinco tipos diferentes de dizeres como "Alguns nascem grandes, outros atingem a grandiosidade e alguns têm a grandiosidade lançada sobre si", de William Shakespeare. Todos os livros foram doados pelas editoras Escala, Saraiva e Cult.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeeducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.