Saúde libera R$ 3,6 milhões para prevenção de zoonoses

Verba será dividida entre as 12 cidades que receberão jogos da Copa do Mundo em 2014

Agência Brasil

28 Novembro 2012 | 11h58

BRASÍLIA - O Distrito Federal e mais 11 Estados receberão um total de R$ 3,6 milhões destinados à prevenção zoonoses, doenças de transmissão vertical e doenças causadas por animais peçonhentos, segundo portaria do Ministério da Saúde publicada nesta quarta-feira, 28, no Diário Oficial da União autorizando repasse do Fundo Nacional de Saúde.

 

De acordo com o texto, o repasse será feito em parcela única. Os recursos deverão ser utilizados exclusivamente para a aquisição de equipamentos e para a operacionalização de ações, "visando à prevenção, proteção e promoção da saúde humana".

 

Os critérios para o repasse de recursos a cada município, de acordo com a portaria, são os seguintes: área de risco para raiva humana e cidade-sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014, onde existem centros de Controle de Zoonoses. A manutenção dos equipamentos adquiridos por meio do repasse será de responsabilidade dos municípios e do Distrito Federal.

 

São Paulo é a cidade que receberá a maior verba - R$ 370 mil. Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte, Manaus, Curitiba, Recife, Porto Alegre, São Luís e Natal receberão R$ 295 mil cada, enquanto a verba para Salvador é de R$ 20 mil. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.