Saúde retifica saldo de casos de gripe suína, País tem 625

A pasta explicou que caso de Minas Gerais e outro do Paraná haviam sido registrados duas vezes

29 Junho 2009 | 17h52

O Ministério da Saúde retificou no fim da tarde desta segunda-feira, 29, o saldo de casos de gripe A (H1N1). Chega a 625 o total de infectados, e não 627 como fora anunciado no domingo, 28. A pasta explicou que um caso de Minas Gerais e outro do Paraná haviam sido registrados duas vezes no banco de dados. Também houve a correção de um caso de Santa Catarina que havia sido incluído erroneamente como sendo de Minas.

 

Veja também:

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde  

 

  

Segundo o ministério, da noite de domingo até as 13 horas desta segunda, os laboratórios da Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Evandro Chagas e Instituto Adolf Lutz não enviaram laudos confirmando novos casos da doença.

 

 

O Estado de São Paulo responde pelo maior número de infectados, 308, seguido por Minas Gerais e Rio de Janeiro, com 67 e 66, respectivamente. Santa Catarina teve 46 doentes e Rio Grande do Sul, 40. Apesar de 142 pacientes terem contraído o vírus dentro do Brasil, o Ministério da Saúde considera a transmissão limitada, sem evidências de sustentabilidade.

 

Os principais locais de provável infecção dos casos importados foram Argentina, com 235, Estados Unidos, 81, e Chile, 33. Até o fim de semana, o Ministério da Saúde aguardava o resultado dos exames de 673 pessoas, cujo quadro é considerado suspeito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.