Arquivo/AE
Arquivo/AE

Saúde usará e-mail para avisar data de vacinação contra gripe A

Cadastro deverá ser feito no site do Ministério da Saúde a partir do dia 8, quando vacinação terá início no País

estadao.com.br,

04 Março 2010 | 12h29

O Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira, 4, a segunda fase da campanha publicitária sobre a vacinação contra a gripe A (H1N1). Uma das novidades da campanha é a possibilidade das pessoas serem avisadas por e-mail a data de vacinação de cada um dos grupos prioritários.

 

Veja também:

linkGoverno do Pará antecipa e já dá início à vacinação da gripe A

linkAdultos de 30 a 39 anos também serão vacinados contra gripe A

especialESPECIAL: Entenda a gripe suína    

 

O Ministério disponibilizará no site da campanha de vacinação a partir do dia 8 o cadastro para as pessoas receberem o aviso da vacinação por mensagem eletrônica conforme sua idade e grupo prioritário.

 

Ainda serão distribuídos 100 mil cartazes e 1 milhão de folders com as datas em que cada grupo deverá receber as doses, além do reforço das medidas de prevenção que todos os brasileiros devem adotar no dia-a-dia.

 

Segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, um em cada dois brasileiros receberá a vacina. "Praticamente todas as pessoas terão um integrante de sua família sendo vacinado."

 

A estratégia nacional de vacinação será realizada entre 8 de março e 21 de maio, dividida em sete etapas, cada uma voltada para um público específico. Entre os dias 8 e 19 de março, serão vacinados apenas indígenas e profissionais de saúde.

 

Prevenção

Além da publicidade voltada para a vacinação, o Ministério da Saúde divulga, desde o dia 22 de fevereiro, campanha de prevenção da gripe pandêmica, orientando os brasileiros sobre as formas de se proteger da doença.

 

Com o slogan 'Quanto mais prevenção, mais proteção', as peças mostram situações do dia a dia e apontam os cuidados básicos de higiene para evitar contrair ou transmitir a doença. Entre as principais mensagens estão a importância de lavar as mãos com frequência, de não compartilhar alimentos e objetos pessoais e de cobrir o nariz e a boca com um lenço descartável ao tossir ou espirrar.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.