Secretaria realiza sábado mutirão de exame ginecológico

A Secretaria de Estado da Saúde vai realizar neste sábado um grande mutirão de ultra-som ginecológico. A expectativa é zerar a fila de espera para a realização do exame na Capital, ABC, Mogi das Cruzes, Guarulhos, Osasco e Franco da Rocha. O diretor estadual de Saúde, Ricardo Tardelli, estima que de 20 a 30 mil mulheres estejam com a requisição do exame em mãos, esperando pela data agendada ou que ainda não marcaram o ultra-som pedido pelo ginecologista. A intenção é que pelo menos 20 mil delas sejam atendidas no mutirão. Todas as pacientes que têm a solicitação de exame, e foram atendidas em consulta pelo SUS, podem participar. Para isso, precisam agendar, até sexta-feira, o horário da realização do ultra-som. Como a demanda prevista é grande, os exames agendados até essa data deverão ser realizados até o dia 23, em cem unidades de saúde diferentes. Tardelli explica que, mesmo que a paciente já esteja com o exame marcado, ela pode participar dessa nova força-tarefa e não será exigida data de validade da requisição médica. Assim que forem atendidas, elas serão orientadas a desmarcarem os exames que estavam agendados antes do mutirão. "Acredito que a zona leste terá a maior demanda, porque lá o número de aparelhos é menor", diz Tardelli. Ele não soube dizer quanto tempo demora, hoje, a espera para o exame. Os resultados dos ultra-sons saem em até dois dias, informa. Os casos mais graves serão encaminhados, pela própria secretaria, para atendimento nos Hospitais das Clínicas e Pérola Byington. Nos demais, a paciente deve marcar o retorno com o ginecologista. Como marcar o exame - É preciso ligar até sexta-feira para um dos números abaixo (de acordo com a região). Ali, a paciente vai saber onde há vaga perto de sua casa e o telefone para agendar o horário do exame: Capital: 150; Grande ABC: 4436-0099 ou 4992-6233; Mogi das Cruzes e Guarulhos: 4790-3131 ou 4790-7534; Franco da Rocha: 4449-5111 (ramais 167 ou 369) e 4811-2282; Osasco: 3683-2499 (ramais 249, 332 ou 304).

Agencia Estado,

29 de agosto de 2006 | 11h54

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.