Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Sete casos de sarampo são confirmados no Estado do Rio de Janeiro

Episódios têm ligação com a  Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença no Estado depois de 18 anos.

Roberta Jansen, O Estado de S. Paulo

20 de julho de 2018 | 12h25

RIO - A Secretaria de Estado de Saúde confirmou há pouco a ocorrência de sete casos de sarampo no Estado do Rio de Janeiro, sendo cinco na cidade do Rio e dois em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Todos os episódios têm ligação com a  Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença no Estado depois de 18 anos.

As amostras foram analisadas pela Fiocruz, laboratório de referência do Ministério da Saúde. Desde a primeira suspeita da circulação de sarampo, a SES vem trabalhando em parceria com os municípios.

No dia 3 de julho, a Secretaria Municipal de Saúde realizou ação de vacinação de bloqueio no campus da Faculdade de Direito da UFRJ e, em conjunto com a SES, tomou uma série de medidas de prevenção e análise dos casos. 

A proteção contra o sarampo faz parte das vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde para crianças entre 12 e 15 meses. A cobertura vacinal contra a doença para crianças de um ano no estado é de 95% . Devem ser vacinadas as crianças de até um ano e adultos de até 49 anos que não tenham sido imunizados. Aqueles que tomaram as duas doses da vacina não precisam tomar nova dose. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.