Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Sete casos de sarampo são confirmados no Estado do Rio de Janeiro

Episódios têm ligação com a  Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença no Estado depois de 18 anos.

Roberta Jansen, O Estado de S. Paulo

20 Julho 2018 | 12h25

RIO - A Secretaria de Estado de Saúde confirmou há pouco a ocorrência de sete casos de sarampo no Estado do Rio de Janeiro, sendo cinco na cidade do Rio e dois em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Todos os episódios têm ligação com a  Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença no Estado depois de 18 anos.

As amostras foram analisadas pela Fiocruz, laboratório de referência do Ministério da Saúde. Desde a primeira suspeita da circulação de sarampo, a SES vem trabalhando em parceria com os municípios.

No dia 3 de julho, a Secretaria Municipal de Saúde realizou ação de vacinação de bloqueio no campus da Faculdade de Direito da UFRJ e, em conjunto com a SES, tomou uma série de medidas de prevenção e análise dos casos. 

A proteção contra o sarampo faz parte das vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde para crianças entre 12 e 15 meses. A cobertura vacinal contra a doença para crianças de um ano no estado é de 95% . Devem ser vacinadas as crianças de até um ano e adultos de até 49 anos que não tenham sido imunizados. Aqueles que tomaram as duas doses da vacina não precisam tomar nova dose. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.