Sírio-Libanês promove até domingo o Dia Mundial da Diabete

Hospital faz palestra, medição de glicose e distribuição de informativos de prevenção e tratamento

Agência Estado

10 Novembro 2010 | 20h25

SÃO PAULO - O Hospital Sírio-Libanês vai promover até este domingo, 14, Dia Mundial da Diabete, uma série de ações destinadas a difundir informações sobre a doença, que atinge cerca de 10 milhões de brasileiros. A programação quer atingir diferentes públicos, a começar pelos próprios profissionais e pacientes, além das pessoas que circulam pelas proximidades da Rua Adma Jafet, no bairro Bela Vista, região central da capital paulista.

As ações incluíeram palestra da endocrinologista e coordenadora do Centro de Diabete do hospital, Christiane Sobral, que falou sobre a doença nesta quarta-feira, 10, para milhares de executivos participantes do HSM ExpoManagement.

Fechando a programação, os profissionais do Centro de Diabete farão a medição do índice de glicose no sangue do público em geral e dos participantes da terceira etapa do Circuito Athenas de corrida, que acontece em São Paulo, no dia 14. A ação será acompanhada da distribuição de informativos sobre diagnóstico, prevenção e tratamento da doença.

O hospital participa pela primeira vez dessa campanha mundial e, entre os dias 8 e 15, mantém sua fachada iluminada de azul para participar das comemorações e conscientizar a população.

Mais conteúdo sobre:
diabete Hospital Sírio-Libanês

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.