Site recebe mais de 2,4 mil denúncias contra sistema de saúde

Documento com todas as queixas será entregue por entidade médica ao Ministério Público Federal

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

07 Maio 2014 | 21h04

Um documento com mais de 2,4 mil denúncias contra o sistema público e privado de saúde será entregue na sexta-feira, 9, ao Ministério Público Federal por representantes da Associação Médica Brasileira. As queixas foram encaminhadas por internautas de todo o País por meio do site Caixa Preta da Saúde, criado pela AMB em março.

Em reunião agendada para as 15h de sexta, em Brasília, a entidade vai entregar ainda ao MPF uma solicitação para que os fatos relatados sejam apurados pelo órgão.

Segundo balanço divulgado nesta quarta-feira, 7, mais da metade das reclamações (59%) enviadas ao site teve como causa a demora no atendimento. A falta de medicamentos foi o segundo maior motivo de queixas, com 32% das denúncias. Em seguida, aparecem a falta de materiais e ausência de leitos, com 23% e 21% das reclamações, respectivamente.

O levantamento mostra ainda que quase um terço das denúncias vieram do Estado de São Paulo, que teve 764 reclamações. Minas Gerais e Bahia aparecem em segundo e terceiro lugar no ranking de Estados campeões em queixas, com 251 e 246 denúncias, respectivamente.

Mais conteúdo sobre:
AMBsaúdedenúncias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.