Sobe para 17 número de mortos pela gripe na Argentina

Número de doentes chegou a 1.294; sete pessoas morreram por causa da doença nas últimas horas

Efe,

23 Junho 2009 | 23h48

Sete pessoas morreram nas ultimas horas na Argentina em decorrência da gripe suína, aumentando para 17 o total de vítimas fatais da doença no país, informaram nesta terça-feira fontes do sistema de saúde.

 

Veja também:

link Casos de gripe suína dobram

link Quem vem da Argentina e Chile tem de fazer declaração

link País reforça fiscalização da gripe

link Mundo registrou 7,9 mil casos com 51 mortes no fim de semana, informa OMS

especial Mapa: veja como a gripe está se espalhando

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

O Ministério da Saúde indicou que foram registrados ainda 81 novos casos da gripe, e com isso o número total de doentes chega a 1.294 na Argentina.

 

Do total de mortos 17, quatro viviam na capital argentina e 13 na província de Buenos Aires, segundo as autoridades.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Influenza A (H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.