Sobe para 1.882 o número de mortos pela epidemia de cólera no Haiti

Dos 84.391 doentes, 39.010 foram hospitalizados, dos quais 37.690 já receberam alta

Efe

03 Dezembro 2010 | 19h46

 

 

PORTO PRÍNCIPE - O número de mortos pela epidemia de cólera no Haiti aumentou para 1.882, enquanto o número de pessoas atendidas por causa da epidemia é de 84.391, informou nesta sexta-feira, 3, o Ministério da Saúde Pública e População do país.

Do total de doentes, 39.010 foram hospitalizados, dos quais 37.690 já receberam alta, segundo relatório desta terça-feira e divulgado nesta sexta.

Por departamentos, em relação ao relatório anterior, de segunda-feira, o maior número de mortes aconteceu no Sul, com 9 vítimas; seguido do Nordeste, com 6; do Norte, com 5; do Noroeste, com 4; de Artibonite e do Centro, com 3 cada; do Sudeste, com 2, e do Oeste, com 1.

O departamento de Nippes, no sudoeste do Haiti, é o único que ainda não registrou óbitos.

Quanto aos números totais de mortos, o departamento de Artibonite concentra o maior número: 784; seguido do Norte, com 339; Oeste, com 308; Plateau Central, com 189; Noroeste, com 188; Nordeste, com 37; Sul, com 25; Sudeste e Grand Anse, com 6 cada.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que são necessários pelo menos 350 médicos mais e 2 mil enfermeiros para poder atender todos os doentes.

Mais conteúdo sobre:
cólera Haiti epidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.