Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Sobe para seis o número de mortes por febre amarela em Eldorado (SP)

Dois homens internados na capital paulista não resistiram; cidade está em alerta contra a doença

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

21 Janeiro 2019 | 19h33

SOROCABA - Três pessoas que estavam internadas com o vírus da febre amarela morreram neste fim de semana, segundo a Vigilância Epidemiológica de Eldorado, no Vale do Ribeira, região sul do Estado. Com isso, subiu para seis o número de mortes registrados na cidade, este ano, em decorrência do tipo silvestre da febre. 

Conforme a Vigilância, dois homens que estavam internados no Hospital das Clínicas, em São Paulo, morreram no sábado, 19. Um homem que estava internado no Hospital Emílio Ribas, também na capital, morreu neste domingo. 

Entre as vítimas, estão pessoas da mesma família. O homem que morreu domingo era sogro de uma das vítimas que morreram no sábado. Há ainda quatro pessoas internadas, três delas no Hospital das Clínicas, com a febre amarela já confirmada. Todas as contaminações aconteceram na zona rural.

A cidade está em alerta contra a doença, pois também foram encontrados macacos mortos em vários bairros rurais. Segundo a prefeitura, equipes da Saúde estão percorrendo bairros e quilombos da zona rural para oferecer a vacina de casa em casa.

Para Entender

Perguntas e respostas sobre a febre amarela

Como ocorre a infecção? A doença é contagiosa? Quais os sintomas? Clique aqui e confira respostas a outros questionamentos e tudo sobre a infecção por febre amarela.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.