Sobrepeso em meia-idade reduz expectativa de vida em 79%

A obesidade é um 'fator significativo' para se poder prever quando tempo uma pessoa viverá

Efe,

29 Setembro 2009 | 21h02

O sobrepeso durante a meia-idade pode reduzir em 79% a possibilidade de se ter uma vida longa e saudável, segundo um estudo de pesquisadores americanos e britânicos publicado na revista British Medical Journal.

 

A obesidade é um "fator significativo" para se poder prever quando tempo uma pessoa viverá, segundo uma análise feita em mulheres, por especialistas da Escola de Saúde Pública de Harvard (EUA) e da Universidade de Warwick (Inglaterra).

 

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores avaliaram dados coletados por 17 mil enfermeiras em 11 estados americanos desde 1976, e concluíram que as mulheres com quilos a mais durante a meia-idade tinham uma expectativa de vida mais curta que as que controlavam seu peso.

 

Além disso, os especialistas também descobriram que ganhar peso a partir dos 18 anos até a meia-idade é um fator para prever quanto tempo uma pessoa viverá com bom estado de saúde.

 

No início do estudo, as enfermeiras preencheram um questionário com os dados sobre o ritmo de vida, peso, altura e histórico médico das mulheres, que foram controladas a cada 24 meses, durante um período de 20 anos.

 

"Nossos dados sugerem que a manutenção do peso ao longo da vida adulta pode estar associada a uma ótima saúde em uma idade mais avançada", indicaram os pesquisadores.

Mais conteúdo sobre:
obesidadesaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.