Sonda espacial faz imagens próximas do cometa Hartley 2

Cometas são vestígios congelados dos primórdios do Sistema Solar

Associated Press, AP

04 Novembro 2010 | 13h50

Imagem do núcleo do Hartley 2, fotografado pela Deep Impact. JPL-Nasa/Divulgação

 

Estão chegando à Terra as primeiras imagens do cometa Hartley 2 feitas pela sonda Deep Impact da Nasa, que chegou a 700 km de distância do astro nesta quinta-feira, 4.

 

As imagens mostram um cometa semelhante a um amendoim. Esta é a quinta vez em que o núcleo de um cometa é observado de perto.

 

O sobrevoo do Hartley 2 não é o primeiro encontro da Deep Impact com um cometa. Em 2005, a sonda disparou um projétil de cobre contra o cometa Tempel 1, permitindo que, pela primeira vez, cientistas analisassem o interior de um desses astros.

 

Cometas têm um interesse especial para os cientistas porque representam vestígios congelados do período de formação do Sistema Solar. Estudá-los pode trazer pistas de como a Terra e os demais planetas surgiram, há 4,5 bilhões de anos.

Mais conteúdo sobre:
cometa nasa astronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.